Informações

Parâmetros a Medir

É uma grandeza física referente à energia cinética de cada grau de liberdade das partículas de um determinado sistema, tendo em consideração todas as partículas desse mesmo sistema em equilíbrio térmico num certo instante de tempo. Considera-se que este parâmetro é de grande relevância, pois influencia a velocidade das reações químicas e a evolução do crescimento dos microrganismos. Os organismos aquáticos possuem limites de tolerância térmica, temperaturas ótimas para o crescimento, limites de temperatura para a migração, desova e para a incubação do ovo. Conforme o decreto de lei 236/98:

A temperatura medida a jusante de um ponto de descarga térmica (no limite da zona de mistura) não deve ultrapassar a temperatura natural em mais de 1.5ºC.

A descarga térmica não deve levar a que a temperatura, na zona situada a jusante do ponto de descarga (no limite da zona de mistura), ultrapasse os seguintes valores: 21.5ºC e 10ºC.

O limite de temperatura de 10ºC só se aplica nos períodos de reprodução das espécies que necessitam de água fria para se reproduzirem e apenas nas águas susceptíveis de conter tais espécies. Os limites de temperatura podem, no entanto, ser ultrapassados em 2 % do tempo.

O pH é a escala em que se representa a medida do potencial de hidrogénio, que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa. As soluções com pH menor que 7 designam-se de ácidas, com pH igual a 7 são neutras e com pH maior que 7 designam-se de alcalinas.

Conforme o decreto de lei 236/98 o valor de pH em águas piscícolas deve estar compreendido entre 6 e 9.

O Potencial de Redução ou ORP, define-se como a capacidade de uma determinada espécie química adquirir eletrões, e assim ficar reduzida, tendo cada espécie o seu potencial intrínseco de redução.

Os valores de ORP são medidos em milivolts (mV).

Embora não definido no decreto de lei 236/98 os valores comumente considerados como excelentes nas medições de ORP são de 250 a 400 mV.

O Oxigénio Dissolvido é a medida relativa à quantidade de oxigénio que está dissolvido num determinado fluído. A unidade padrão utilizada para medir o Oxigénio Dissolvido é milligramas por litro (mg/l).

Conforme o decreto de lei 236/98 o valor máximo recomendado para cada medição é 50% maior ou igual a 9 mg/l e 100% maior que 7 mg/l sendo que o valor máximo admissível é 50% maior ou igual a 9 mg/l.

A condutividade elétrica está associada ás diferenças de potencial, que faz com que os eletrões livres se movimentem. As diferenças de potencial estão associadas ás forças de atração entre cargas elétricas, ou seja, regiões positivamente carregadas atraem eletrões. Este parâmetro expressa numericamente a capacidade intrínseca que a água possui para conduzir corrente elétrica, depende da sua temperatura bem como do total de substâncias dissolvidas na água.

Conforme o Sistema Internacional de Unidades os valores de Condutividade são medidos em siemens por metro.

Embora não definido no decreto de lei 236/98 os valores comumente considerados como desejados encontram-se entre 100 a 2000 µS/cm.

Sondas Utilizadas

Neste projeto, foi utilizado o modelo Smart Water da Libelium para medição dos seguintes parâmetros: Temperatura, pH, Condutividade, Potencial de Redução, Oxigénio Dissolvido.

Para a medição de cada um destes parâmetros foram utilizados os respetivos sensores:


Sensor de Temperatura

Medições entre: 0 - 100 ºC
Precisão: DIN EN 60751
Resistência (a 0 ºC): 1000 Ω

Sensor de Condutividade

Tipo de Sensor: Two electrodes sensor
Material do Elétrodo: Platina
Célula de Condutividade Constante: 1 ± 0.2 cm-1

Sensor de Oxigénio Dissolvido

Tipo de Sensor: Galvanic cell
Medições entre: 0 - 20 mg/L
Precisão: ±2%
Temperatura máxima de operação: 50ºC
Output de Saturação: 33 mV ±9 mV
Pressão: 0 - 100 psig (7.5 Bar)

Sensor de pH

Tipo de Sensor: Combination electrode
Medições entre: 0 - 14 pH
Temperatura de Operação: 0 - 80 ºC
Potencial Elétrico Nulo: 7±0.25 p
Ruído: 0.5 mV
Erro alcalino: 15 mV

Sensor de Potencial de Redução

Tipo de Sensor: Combination electrode
Potencial Elétrico: 245 - 270 mV
Medições entre: 0 - ±1999 mV
Estabilidade: ±8 mV/24 h
Sonda Libelium